9 de janeiro de 2017

Fantoches

Cruzes, fiz antes do natal esses fantoches, já presenteei e nem publiquei ... tô bem relapsa.

Mas tenho bons motivos rss Vocês sabem minha saga desde o ano passado, tentando me encontrar com doméstica e sem meio que saber o que fazer. Desisti de tentar me recolocar no mercado de trabalho formal porque não querem mesmo pessoas que eles acham que não tem idade para tal e que, por já ser aposentada, deve ficar em casa... mal sabem eles o que estão perdendo kkk

Mas, dos males o menor. Resolvi arriscar vender meus tricôs. Vou abrir uma nova página de facebook só para isso, vamos ver no que dá. Assim que começar a fazer peças novas coloco lá e aviso por aqui. Acho que também, pra ele não ficar vazio, posso colocar peças já feitas como amostras, que acham? Tenho que pesquisar e ter vontade de ver isso.

Outra coisa que me deixou pra lá de angustiada por esses tempos, é a situação do meu filho fora do Brasil. Comentei que ele acabou o curso na Irlanda e como não quer voltar por enquanto pra cá, foi para a Itália reconhecer a sua cidadania. Depois de uma estada de mais de três meses por lá, já como cidadão europeu, foi para a Polônia - Varsóvia.  Uma cidade com um povo extremamente preconceituoso e racista! Teve um evento horrível num trem de superfície, apenas porque pediu informações em inglês! Eles detestam imigrantes, principalmente negros e árabes.

Pra me deixar mais preocupada ainda, foi passar as festas de final do ano na Turquia, pra conhecer a família da namorada. Foram dias de desassossego pra esta mãe aqui... entraram e saíram do aeroporto de Istambul várias vezes para conhecer regiões por lá. Eita!! finalmente, ontem à noite conseguiram regressar à Polônia, já que os vôos estavam suspensos devido a forte nevasca.
É isso, vamos ver se conseguem se estabelecer por lá e que Deus os abençoe:)

Vamos ao tricô: desfile de fantoches - design Sherry Graziano (não sei de onde peguei)
Também não sei aonde foi parar a foto do cachorro sozinho...

 Agulha: 4,5mm
Fio: Calentina, cor 1850 - cinza
 
  Agulha: 4,5mm
Fio: Calentina, bege
Agulha 4mm
Fio: Familia, cor verde

9 comentários:

  1. As peças estão lindas...e tudo o que for mau...meu desejo é que se resolva!
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Oi Katia, um feliz ano todo pra você. Achei ótima tua ideia de vender teus trabalhos, são tão bem feito e exclusivos que farão muito sucesso com quem entende de tricô de qualidade.
    Quanto ao teu filho, lamento. É um problema esses filhos que não querem mais viver no Brasil, eu que o diga. Mas não tem como culpá-los, por aqui as coisas estão tão complicadas que é compreensível que eles tentem uma vida melhor no exterior. Só nos resta torcer para que se saiam bem. Beijos
    Joana

    ResponderExcluir
  3. Okk tão bonitos, adorei o ratinho. estão perfeitos e muito boa sorte e sucesso.
    Pinta

    ResponderExcluir
  4. Bom, coração de mãe e um órgão pra viver o resto da vida fora do peito, fato, nenão? No meu caso no RJ, e perto mais nada tranquilo, reza, mais reza muito que e o que eu fico fazendo no meu dia a dia! Não tem outra solução :(
    Acho genial vender suas peças, fora num outro blog, tem que ter uma página no Facebook, Elo e por ai vai, propaganda e a alma do negocio! :)
    Quanto aos fantoches, umas graças, achei que eram luvinhas! Adorei como todas suas peças!
    Sorte em tudo fadinha!

    ResponderExcluir
  5. Ká, entendo a sua angústia pois não está fácil ser imigrante nesta Europa xenófoba! A Turquia não é, realmente, país que se recomende neste momento, o que é uma pena, pois é belíssima. Da Polónia tenho também ouvido relatos preocupantes.
    Enfim, este é o mundo em que vivemos.

    É verdade, quem fica a perder é quem recusa trabalho aos seniores.
    Espero que a sua página de vendas seja um sucesso.
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Espero que seu coraçãozinho esteja sossegado... E aí já criou a página? Bj.

    ResponderExcluir
  7. Então... Respirei fundo algumas vezes ao ler seu texto hoje. Espero e rezo para que tudo esteja bem. Deve ser realmente difícil demais sua situação. E espero mais ainda que seu filhote esteja feliz. Porque assim você também estará apesar das preocupações. A lojinha? Já abriu? E os fantoches? Que fofos! Quanto ao emprego formal, tenho visto muitos casos próximos de pessoas que estão vivendo e bem, de seus artesanatos. Desejo sucesso e muita paz à você, minha amiguinha virtual.
    Fique em paz!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Adorable makes. I'm sorry to hear of your difficult times, I hope that 2017 brings you only success and nice things. A hug.
    Amalia
    xo

    ResponderExcluir
  9. Oi Ká, espero que tudo já tenha se resolvido. Tem razão, perde quem não nos contrata, mulheres experientes e poderosas. Já abriu a página dos tricôs? Hoje vi um blog e lembrei logo de você, daqueles bordados em azul que você fez. Uma colcha que mistura quadrados em bordado no estilo toile de jour e patchwork. Não precisa ser colcha, pode ser manta ou almofada, de todos modo fica lindo. Vai o endereço do blog caso você queira ver: https://misgallinitaslocas.blogspot.com.br/
    Beijos
    Joana

    ResponderExcluir

Comentários